ana_cristina_haja_manha.jpg
celeste_martins_cais_da_gilao.jpg
ruben-silva-acordar-na-gilao.jpg
fernando_jose_coliseu_da_musica.jpg
jorge_sampaio_do_lado_de_ca.jpg
sergio_goncalves_ontem_hoje_do_fado.jpg
lilia_martins_clube_magico.jpg

Existem algumas vantagens no PPR?

Versão para impressão PDF

DECO - Delegação Regional do AlgarveCONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR / DECO

"Existem algumas vantagens no PPR?”

A DECO INFORMA…

Dentro do universo dos produtos de poupança, as vantagens associadas aos planos de poupança reforma (PPR) referem-se aos benefícios fiscais e à possibilidade de investir pequenos montantes. No entanto, as entidades que gerem estes produtos fazem-se pagar pelos seus serviços e subtraem uma parte significativa do rendimento.

Estes produtos dizem garantir um mínimo de 2,5%, contudo, no primeiro ano, as comissões anulam o ganho e o consumidor fica a perder. Adicionalmente, no caso dos PPR com garantia de capital, há também que contar com a comissão de transferência, legalmente limitada a 0,5%.

No entanto, há PPR que conseguem rendimentos interessantes que podem ser consultados na nossa página de internet.

O dinheiro aplicado num PPR pode ser levantado a partir dos 60 anos ou na reforma por velhice. Também é possível resgatar se o subscritor ou um membro do agregado familiar estiver desempregado há mais de 12 meses e inscrito no centro de emprego, passar por uma doença grave ou ficar permanentemente incapacitado para o trabalho. O falecimento do titular dá o direito aos herdeiros de receberem o montante acumulado.

Acresce que, em 2013, passou a ser permitido usar o dinheiro na amortização de prestações do crédito à habitação, desde que, que as entregas tenham, pelo menos, cinco anos. Contudo, não é possível saldar valores que não estejam em atraso, ou seja, não é possível antecipar a amortização do pagamento do crédito à habitação. O banco não pode alterar as condições do contrato, por exemplo, aumentar o spread, nem cobrar por processar os pagamentos.

Para beneficiar desta possibilidade, terá que pedir um documento com o valor das prestações e entregar na instituição onde detém o PPR. Posto isto, esta entidade transferirá o dinheiro para o pagamento das prestações em atraso junto da instituição bancária.

DECO-Delegação Regional do Algarve

Emissão em Directo (player 1)

Emissão em Directo (player 2)

Facebook Rádio Gilão

Contacte-nos

Largo de Santa Ana nº 1 - Tavira

 

8800-701 TAVIRA

 

Tel: +351 281 320 240

 

Fax: +351 281 325 523

 

Email: radiogilao@net.vodafone.pt

Siga-nos

facebook twitter instagram
youtube linkedin

Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiência como utilizador. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apaga-los, consulte nossa Politica de cookies.

Aceitar cookies deste site.