ana_cristina_haja_manha.jpg
celeste_martins_cais_da_gilao.jpg
ruben-silva-acordar-na-gilao.jpg
fernando_jose_coliseu_da_musica.jpg
jorge_sampaio_do_lado_de_ca.jpg
sergio_goncalves_ontem_hoje_do_fado.jpg
lilia_martins_clube_magico.jpg

A DECO tem vindo a desenvolver uma campanha, pedindo aos consumidores que denunciem situação de desperdício de água em locais públicos. Qual o objectivo desta iniciativa?

Versão para impressão PDF

DECO - Delegação Regional do AlgarveCONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR / DECO

"A DECO tem vindo a desenvolver uma campanha sobre desperdício de água, pedindo aos consumidores que denunciem situação de desperdício de água em locais públicos. Qual o objectivo desta iniciativa?”

A DECO INFORMA… 

Fuga de água visível à superfície e rega desadequada em espaços verdes municipais estão no topo da lista das 400 denúncias que recebemos sobre desperdício de água em 96 municípios, desde o início da nossa campanha, a 17 de Abril. Fuga de água na boca de rega de espaços verdes e na boca-de-incêndio e rotura de tubagem vêm a seguir no conjunto de denúncias.

Se detectar alguma fuga de água num espaço público do seu município, partilhe o que viu. Acompanhe o seu testemunho com fotografias.

As perdas de água são o sinal mais visível de um dos maiores problemas do sector. Ter água de qualidade, em quantidade e a preço acessível, requer a gestão eficiente do investimento, da política tarifária, a manutenção das infra-estruturas e a minimização das perdas, desde a captação até ao local de consumo. O desconhecimento do valor das perdas de água e a falta de planos de acção provoca custos desnecessários relacionados com a quantidade de água captada e depois perdida, mas já tratada. As perdas de água contribuem para a cobertura insatisfatória da recuperação de custos.

Para reduzir as perdas e garantir a sustentabilidade dos serviços, é crucial que a entidade gestora conheça a planta da rede, estrutura das condutas, idade, local e descrição dos acessórios de rede e dos ramais, bem como as avarias, reabilitação de condutas e perdas reais de água. Importa usar dados fiáveis para determinar a justificação económico-financeira do tarifário em cada município.

O objectivo da DECO passa por defender o ajustamento dos tarifários, mas com a garantia da eficiência das entidades gestoras, nomeadamente nas perdas de água. Os custos da ineficiência das entidades gestoras, como tratamento, transporte e distribuição da água perdida, não devem reflectir-se nos tarifários. O aumento tendencial das tarifas tem sido justificado pela necessidade de recuperar os custos, para atingir a sustentabilidade do serviço.

DECO-Delegação Regional do Algarve

Emissão em Directo (player 1)

Emissão em Directo (player 2)

Facebook Rádio Gilão

Contacte-nos

Largo de Santa Ana nº 1 - Tavira

 

8800-701 TAVIRA

 

Tel: +351 281 320 240

 

Fax: +351 281 325 523

 

Email: radiogilao@net.vodafone.pt

Siga-nos

facebook twitter instagram
youtube linkedin

Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiência como utilizador. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apaga-los, consulte nossa Politica de cookies.

Aceitar cookies deste site.