ana_cristina_haja_manha.jpg
celeste_martins_cais_da_gilao.jpg
ruben-silva-acordar-na-gilao.jpg
fernando_jose_coliseu_da_musica.jpg
jorge_sampaio_do_lado_de_ca.jpg
sergio_goncalves_ontem_hoje_do_fado.jpg
lilia_martins_clube_magico.jpg

Posso usar o meu PPR para pagar prestações do crédito à habitação?

Versão para impressão PDF

DECO - Delegação Regional do AlgarveCONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR / DECO
"Posso usar o meu PPR para pagar prestações do crédito à habitação?”
 

A DECO INFORMA… 

Desde o início deste ano, é possível utilizar o saldo de um plano de poupança reforma, plano de poupança educação ou plano de poupança reforma e educação para pagar prestações do empréstimo à habitação. No entanto, uma nova lei veio clarificar algumas das regras vigentes.

Assim, os fundos resgatados podem ser aplicados para pagar prestações vencidas e não pagas como para pagar prestações por vencer. Neste último caso, os fundos resgatados são aplicados à medida e na data em que as prestações se vencem.

Mas esta obrigação mensal de se deslocar ao banco para pagar as prestações por vencer torna-se inconveniente para o consumidor se não for criado um procedimento que facilite. Por exemplo, alargar-se o número de prestações incluídas numa instrução, responsabilizando o banco por efectuar o reembolso do PPR.

Refira-se, no entanto, que o resgate do PPR não pode ter como finalidade o reembolso antecipado, parcial ou total, do crédito.

A nova lei estende, também, a possibilidade de pagar as prestações com o PPR aos créditos para construção e realização de obras e aplica-se a créditos garantidos por hipoteca sobre imóvel para habitação própria e permanente.

Refira-se que nestes planos de poupança só podem ser resgatadas antecipadamente sem perda de benefícios fiscais as entregas feitas há, pelo menos 5 anos.

Ao encontro de uma das nossas reivindicações, nem as instituições de crédito, nem as entidades gestoras dos planos de poupança podem cobrar comissões pelo processamento do reembolso antecipado de plano de poupança para pagamento de prestações de crédito à habitação.

Deve ainda ser referido que, caso o plano de poupança tenha sido subscrito como contrapartida para a redução dos custos do contrato de crédito à habitação, a instituição de crédito não pode alterar as condições do contrato, por exemplo, aumentando o spread.

DECO-Delegação Regional do Algarve

Emissão em Directo (player 1)

Emissão em Directo (player 2)

Facebook Rádio Gilão

Contacte-nos

Largo de Santa Ana nº 1 - Tavira

 

8800-701 TAVIRA

 

Tel: +351 281 320 240

 

Fax: +351 281 325 523

 

Email: radiogilao@net.vodafone.pt

Siga-nos

facebook twitter instagram
youtube linkedin

Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiência como utilizador. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apaga-los, consulte nossa Politica de cookies.

Aceitar cookies deste site.