ana_cristina_haja_manha.jpg
celeste_martins_cais_da_gilao.jpg
ruben-silva-acordar-na-gilao.jpg
fernando_jose_coliseu_da_musica.jpg
jorge_sampaio_do_lado_de_ca.jpg
sergio_goncalves_ontem_hoje_do_fado.jpg
lilia_martins_clube_magico.jpg

Qual é a vossa opinião sobre os planos mutualistas do Montepio?

Versão para impressão PDF

DECO - Delegação Regional do AlgarveCONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR / DECO

"Qual é a vossa opinião sobre os planos mutualistas do Montepio?"

A DECO INFORMA…

Todos os meses, o Montepio apresenta uma nova série do Capital Certo, um plano mutualista. Ao longo das várias emissões de 2015, o rendimento foi descendo e as penalizações por resgate antecipado aumentaram. No começo de 2016 surgiu uma emissão do Capital Certo 2016-2021.

Segundo a análise da equipa da PROTESTE INVESTE, o rendimento está a subir face às séries anteriores, mas as penalizações por resgate antecipado são uma forte desvantagem, mas não são a única. Sabia que quem tutela esta categoria de produtos é o Ministério da Solidariedade, do Emprego e Segurança Social? É caricato.

Trata-se de um produto de poupança muito semelhante a um seguro de capitalização e até tem a mesma fiscalidade, mas a autoridade que o regula é um ministério, portanto, o próprio Governo. Deveria ser uma entidade isenta e autónoma a vigiar estes produtos. Em caso de problemas financeiros da Associação Mutualista, que garantias apresentam aos seus subscritores? Muito poucas.

Esteve prevista a transferência da supervisão dos planos mutualistas para a alçada da Autoridade de Supervisão dos Seguros e Fundos de Pensões. Mas esse assunto passou ao lado das alterações legais efectuadas em Setembro de 2015.

A supervisão deveria ser feita por uma entidade isenta, autónoma e competente, na medida em que regule produtos financeiros semelhantes. Já demos conta desta nossa exigência por carta enviada à Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões e ao Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, em Abril de 2015. Até à data, não obtivemos resposta.

Em nome da transparência e da segurança dos consumidores de produtos financeiros, estes planos devem ser alvo de uma supervisão competente. Os riscos e as garantias deveriam constar nas fichas informativas destas séries. Uma ficha de informação uniformizada para todos os produtos financeiros seria muito bem-vinda.

DECO-Delegação Regional do Algarve

Emissão em Directo (player 1)

Emissão em Directo (player 2)

Facebook Rádio Gilão

Contacte-nos

Largo de Santa Ana nº 1 - Tavira

 

8800-701 TAVIRA

 

Tel: +351 281 320 240

 

Fax: +351 281 325 523

 

Email: radiogilao@net.vodafone.pt

Siga-nos

facebook twitter instagram
youtube linkedin

Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiência como utilizador. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apaga-los, consulte nossa Politica de cookies.

Aceitar cookies deste site.