ana_cristina_haja_manha.jpg
celeste_martins_cais_da_gilao.jpg
ruben-silva-acordar-na-gilao.jpg
fernando_jose_coliseu_da_musica.jpg
jorge_sampaio_do_lado_de_ca.jpg
sergio_goncalves_ontem_hoje_do_fado.jpg
lilia_martins_clube_magico.jpg

Qual é o panorama atual no que diz respeito à gestão financeira dos agregados familiares nacionais?

Versão para impressão PDF

DECO - Delegação Regional do AlgarveCONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR / DECO

"Qual é o panorama atual no que diz respeito à gestão financeira dos agregados familiares nacionais?”

A DECO INFORMA…

Para metade dos portugueses, o dinheiro nem sempre chega ao final do mês, mesmo com hábitos de planeamento. Neste sentido, entrevistámos 1222 pessoas e verificámos que mais de metade nem sempre consegue chegar ao final do mês com dinheiro e para 12% dos inquiridos essa é uma realidade.

Segundo o nosso estudo, só 40% das pessoas inquiridas são bem-sucedidas na elaboração de um orçamento mensal. Controlar o saldo e/ou o extrato para verificar as entradas e saídas de dinheiro é das técnicas mais utilizadas pelos inquiridos.

Adicionalmente, segundo o nosso estudo, é mais difícil de organizar um orçamento de um agregado familiar quando existem filhos. Esta dificuldade está associada aos custos extra, como o custo da educação, como seja a entrada na escola.

Se já é difícil esticar o dinheiro até final de mês, torna-se ainda mais com os créditos à habitação, o crédito automóvel e até mesmo os cartões de crédito. A situação de crise atual fez com que a percentagem de pessoas com dificuldade em fazer face às suas despesas subisse de 23% em 2011 para 76% em 2014.

Se os consumidores têm dificuldade em pagar as contas, poupar torna-se quase impossível. Apenas uma minoria, 3%, conseguiu colocar algum dinheiro de parte que, em média, não vai além dos 1000€.

Quando realizámos o inquérito, um quinto dos agregados estava envolvido num programa de gestão de endividamento, maioritariamente no Gabinete de Apoio ao Sobre-endividado da DECO. Esta difícil situação económica leva à deterioração do ambiente familiar, problema reportado por 76% dos inquiridos.

O estudo demonstrou ainda que os inquiridos têm consciência da importância de poupar, tendo 99% considerado que é importante ter um pé-de-meia para os imprevistos e 93% consideraram-se muito organizados na gestão diária do dinheiro.

DECO-Delegação Regional do Algarve

Emissão em Directo (player 1)

Emissão em Directo (player 2)

Facebook Rádio Gilão

Contacte-nos

Largo de Santa Ana nº 1 - Tavira

 

8800-701 TAVIRA

 

Tel: +351 281 320 240

 

Fax: +351 281 325 523

 

Email: radiogilao@net.vodafone.pt

Siga-nos

facebook twitter instagram
youtube linkedin

Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiência como utilizador. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apaga-los, consulte nossa Politica de cookies.

Aceitar cookies deste site.