ana_cristina_haja_manha.jpg
celeste_martins_cais_da_gilao.jpg
ruben-silva-acordar-na-gilao.jpg
fernando_jose_coliseu_da_musica.jpg
jorge_sampaio_do_lado_de_ca.jpg
sergio_goncalves_ontem_hoje_do_fado.jpg
lilia_martins_clube_magico.jpg

Estou a pensar comprar casa com recurso ao crédito. Que conselhos me podem dar?

Versão para impressão PDF

DECO - Delegação Regional do AlgarveCONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR / DECO

"Estou a pensar comprar casa com recurso ao crédito. Que conselhos me podem dar?”

A DECO INFORMA…

Comece por contactar o seu banco, faça valer a sua posição de cliente e negoceie, pois poderá conseguir condições mais vantajosas.

Simule diversos montantes para vários prazos. Informe-se sobre as condições de financiamento, como comissões, seguros e impostos, e utilize a taxa anual efectiva como principal indicador comparativo.

Se lhe for proposta a contratação de outros produtos ou serviços como forma de reduzir o spread do crédito, utilize a taxa anual efectiva revista para comparar as propostas.

Além da simulação para uma subida de 1 e 2% da taxa de juro, peça cálculos para 3 ou 4 %. Deste modo, tem melhor a noção do aumento da prestação caso a Euribor volte aos valores de 2008.

A taxa variável é mais usual nos contratos de crédito à habitação. Regra geral, é indexada à Euribor a 3, 6 ou 12 meses e revista trimestral, semestral ou anualmente, respectivamente. Como a duração da maioria dos empréstimos é de 20 ou 30 anos, no final da amortização, as diferenças entre estes indexantes não deverão ser muito significativas.

No entanto, a taxa também pode ser fixa, assim, não se altera no período estabelecido entre si e o banco. Se, por exemplo, tiver acordado uma taxa fixa de 5 anos, a prestação mensal não se modificará, mesmo que as taxas de juro na zona euro sofram variações. Nos mais recentes estudos, concluímos que os produtos de taxa fixa não são atractivos, pois as taxas de juro são elevadas.

Por fim, tenha em atenção a sua taxa de esforço: este indicador traduz o peso dos empréstimos nos rendimentos do agregado. A maioria dos bancos não concede empréstimos a clientes com uma taxa de esforço superior a 30% ou 40%. Vejamos o exemplo de uma família com o rendimento mensal líquido de 2 mil euros e prestação mensal do carro de 250 euros. Na simulação do crédito à habitação, uma prestação mensal de 500 euros traduz uma taxa de esforço de 37,5% [(250 + 500) ÷ 2 000].

DECO-Delegação Regional do Algarve

Emissão em Directo (player 1)

Emissão em Directo (player 2)

Facebook Rádio Gilão

Contacte-nos

Largo de Santa Ana nº 1 - Tavira

 

8800-701 TAVIRA

 

Tel: +351 281 320 240

 

Fax: +351 281 325 523

 

Email: radiogilao@net.vodafone.pt

Siga-nos

facebook twitter instagram
youtube linkedin

Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiência como utilizador. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apaga-los, consulte nossa Politica de cookies.

Aceitar cookies deste site.